ROCHAS METAMÓRFICAS - Saber mais 

Os factores de metamorfismo, como, por exemplo, a temperatura e a pressão, conduzem a alterações nas rochas, nomeadamente, na disposição e orientação dos minerais e ainda na sua constituição. Assim, a textura das rochas, muitas vezes, modifica-se. Se a pressão exercida durante o metamorfismo for orientada, a rocha resultante apresenta faixas mais ou menos paralelas; diz-se que apresenta foliação.

 

 O xisto e o gnaisse são exemplos de rochas metamórficas que apresentam foliação.
O xisto apresenta xistosidade: parte-se facilmente segundo superfícies lisas e levemente onduladas, de aspecto brilhante.
O gnaisse apresenta bandado gnáissico: faixas alternadas de minerais claros e escuros.
 

Quando um granito sofre metamorfismo, a rocha resultante pode ser um gnaisse.
Na figura seguinte encontra-se ilustrada uma sequência provável da transformação de um granito em gnaisse.

Quando um argilito sofre metamorfismo, a rocha resultante poderá ser um xisto. A figura seguinte ilustra a transformação provável de um argilito em xisto.

O calcário, sujeito a metamorfismo, pode originar mármore (rocha metamórfica que não apresenta foliação).

Rochas metamórficas

2009 Nelson Nuno Lira

Make a Free Website with Yola.